Latest Posts

Leitura do Mês - Fevereiro 2015

By 00:00:00 , ,

Oi gente,
Esse mês eu consegui ler dois livros! Na verdade, um eu tinha começado no final de Janeiro e acabei na segunda semana do mês, e o outro eu li na semana do Carnaval.
O primeiro que eu li foi O Buda do Suburbio, do autor inglês Hanif Kureishi que é filho de pai paquistanês e mãe inglesa.

O livro se passa no final da década de 70 onde o protagonista (e também narrador) Karim é filho de pai indiano e mãe inglesa e vive nos subúrbios de classe média ao sul de Londres. Sua existência extremamente pacata começa a mudar quando seu pai, um interessado amador em budismo e outros assuntos da espiritualidade “oriental”, é convidado a dar palestras em casa de hippies ricos e acaba se tornando uma espécie de guru da meia idade suburbana “descolada”. Além de ficar famoso, o pai de Karim se apaixona por outra mulher, divorcia-se e dá início a uma reviravolta na vida do filho.
Com um humor cínico e uma abordagem explícita, direta e quase escandalosa que o autor faz do sexo e das drogas, a leitura flui bem, ficando um pouco cansativa em algumas partes mas os capítulos, não muito longos, sempre acabam de uma forma que o leitor fica curioso para saber o que vai acontecer.
O segundo livro que eu li nesse mês foi o famoso A Culpa é das Estrelas, do autor John Green.
Como todo mundo sabe, esse livro conta a história de Hazel Grace, uma adolescente de 16 anos que teve um câncer que começou na tireóide e evoluiu para os pulmões. Hazel frequenta um grupo de apoio a adolescentes com câncer, meio que obrigada pela sua mãe pois, para ela, quem tem um “prazo de vida”não tem motivos para fazer novas amizades, diminuindo ao máximo o número de pessoas que possam sofrer quando ela partir. Apesar da doença, Hazel não se faz de vitima e tanta manter o bom humor, preferindo a companhia de livros, filmes e da família.
Em uma das reuniões do grupo, ela conhece Augustus Waters, um jovem de 17 anos que teve uma das pernas amputadas por causa de um câncer nos ossos. Augustus é uma pessoa otimista, acredita acima de tudo na vida, é bem humorado e não deixa que ninguém o julgue ou sinta pena dele pelo que aconteceu. Os dois jovens se apaixonam e daí nasce um relacionamento bastante real, com aspectos dramáticos e muitos momentos fofos.
O livro é narrado em primeira pessoa (pela Hazel) e é escrito de um jeito, que envolve o leitor de tal maneira que fica quase impossível parar de ler.
Apesar de serem dois livros totalmente diferentes, eu gostei bastante e indico os dois.
E vocês, já leram algum deles? Alguma sugestão para a leitura de Março?
Até a próxima
XoXo
Mah

Post publicado gratuitamente





You Might Also Like

8 comentários

  1. a culpa é das estrelas li ano passado e achei BEM adolescente. e buda nunca tinha ouvido falar e me interessei bem!

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  2. A culpa é das estrelas eu já li, mas tem muito tempo. Ando super preguiçosa para leitura. Beijos

    ResponderExcluir
  3. Sou louca para ler A culpa é das estrelas e assistir o filme também que ainda não fiz :( Bjs

    ResponderExcluir
  4. A Culpa é das Estrelas é sensacional.
    Eu indico do mesmo autor Quem é você, Alasca? e Cidades de Papel.
    Já o Buda não é o tipo de leitura que me chamaria atenção.

    Beijinhos,
    Aline Magalhães
    Sacola de Cores

    ResponderExcluir
  5. Oie, ja vi o filme a culpa é das estrelas, mas ainda não li o livro, minha irmã ja leu e disse que é muito melhor que o filme, beijinhos

    http://www.atitudedabeleza.com/

    ResponderExcluir
  6. Li a culpa é das estrelas... É bem teenager, mas gostei!
    Nunca tinha ouvido falar no do Buda, mas achei bem interessante!
    Beijos

    Little Bit of Glamour

    ResponderExcluir
  7. A culpa é das estrelas, fazerm uns 3 anoa que li e simplesmente fiquei apaixonada.. Chorei muito mais com o livro que com o filme hahahaha... E o Buda do Suburbio nao li, mas md interessei.
    Bj

    ResponderExcluir
  8. Eu li A Culpa é das Estrelas e assisti o filme ontem. Lindo demais e muito emocionante. Adorei!!

    Beijos!

    ResponderExcluir